Resenha de Maria do Sol



O livro Maria do Sol e da parceria com @alicenopaisdapoesia  autora nasceu no Maranhão. Estudou até a quarta série quando veio passar férias no Piauí e recebeu a notícia que não mais voltaria. Escreveu peças de teatro apresentadas na igreja sob sua direção. Fez cursos de teatro e participou de grupos de teatro. Cursou até o quinto período de Odontologia na UFPI. Depois cursou direito no Instituto Camillo Filho. Atualmente é servidora do judiciário trabalhista.


O livro começa com
O crime
 Dona Carlota e Vicentinho entraram na casa e observam a todos da janela do primeiro andar:
- O Pedrinho estava indo tão bem, até o Thiago chegar e levar a Maria do Sol.
-É, mamãe, mas ele ainda está lá perto observando.
- Estou vendo! Meu neto está me surpreendendo hoje.
- Mamãe, olha só meu menino! Pegou na mão da menina e está levando-a para conversar próximo da piscina.
- É verdade... Tomou coragem... Que bom que meu neto está fazendo amigos. Meu filho!Que tumulto é aquele?
- Não sei. Pedrinho saiu correndo.
- Não vejo a menina.
   Pedrinho empurra Maria do Sol na piscina,  sai corre se esconde de trás de uma árvore, coloca as duas mãozinhas no rosto e se encosta na árvore.
- A Maria do Sol tinha que ser só minha, não pode ter outros amigos. Eu não quero mais falar com aquela menina.
  Ele olha para festa e percebe que há um tumulto em volta da piscina.
  - Meu Deus!  Eu machuquei a menina!
Em sua direção vêm dois meninos gritando.
  - Pedrinho, seu doido... Cadê você? Você matou a menina... Pedrinho, seu doido... Você matou a menina... Pedrinho, seu doido... Você matou a menina...
 Um crime, uma culpa, um fantasma...

O livro contar um pouco de como os pais de Pedrinho se conheceram e o nascimento de Pedrinho e como foi sua vida depois do que ele fez com a Maria do Sol tudo aconteceu na festa na Fazenda da avó e sua vida mudou depois de empurrar a menina na piscina.
Os pais de Pedrinho não deram a mínima para o que aconteceu não lhe perguntam nada e o menino não esquecer do que fez com a pobrezinha da menina. O menino ficar cada vez mais isolado e se torturado pelo que fez.
Pedrinho não falar com ninguém o que aconteceu e viver com a culpa é o fantasma da menina.. Na faculdade decide fazer o curso de Psicologia para poder se ajudar e ficar em paz.
Você acha que os pais de Pedrinho tinha que ter falando com ele? Foi certo Pedrinho corre em vez de ajuda a menina? Será que Pedrinho conseguiu a se libertar do fantasma?

O livro contém algumas  figuras de algumas cenas do livro o que o torna bem legal e uma leitura bem rápida pois o livro tem só 127 páginas.
Venha também conhecer Pedrinho e sua fantasma 👻 tenho certeza que você vai se surpreende com o final do livro.

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha de Do que são feitas as estrelas

Primeiras impressões de Nunca olhe para dentro

Resenha de Feridos