Resenha de Érica


Oi, Boa noite! Em parceria com autora Larissa Barros @livroerica o livro tem 271 pág


Moscou.Dois jovens sobrevivem a um duplo atentado que mata quase todos os seus amigos.
Cairo.Uma ONG islâmica tenta escapar de uma armadilha, arquitetura por integrantes da Ordem das Doze Tribos de Israel. Washington na sede da Ordem, a filha de um funcionário da Casa Branca cai em ciladas para que seu pai colabore com os radicais.

Pequim. Um filho procura o pai, há meses desaparecido.
Fortaleza. Em uma triste manhã, Érica encontra seus pais mortos... Nessa incrível trama, todas essas histórias se entrelaçam de forma impressionante. E somente Érica, que acaba de descobrir que foi incluída em uma linha negra da Ordem das Doze Tribos de Israel, poderá impedir uma grande desgraça planejada por judeus fundamentalistas, prestes a atingir a todos.

"Ninguém ali além dela sabia a verdade. Seus pais morreram por causa dela. Foram mortos porque um estúpido qualquer decidiu que Érica era uma ameaça ao grupo... A tristeza cedeu espaço para raiva. Mais ainda dos dois garotos, que haviam arruinado sua vida por algum ideal. Assassinaram seus pais para impedi-la de fazer algo presumidamente perigoso. Porém, a raiva foi substituída pela determinação. Ela não deixaria que a morte de seus produtos fosse em vão. Faria o que não queriam que fizesse: enfrentá-los."


São muito personagens acaba ficando perdida no começo mais o ritmo do livro esse mesmo muitos personagens, muitos acontecimentos e mortes segredos suspense.

O livro fala de religião, política e a amizade o romance não é o tema principal do livro mais também está presente sim.

No começo do livro conhecemos os outros personagens que vão está ligados a Érica mais pra frente.

Toda adolescente sonho com seus 15 anos Érica não era diferente teve uma festa dos sonhos. No dia seguinte foi  para escola e os sua vida mudar depois de ser chamava na diretoria e receber a notícia de que seus pais seus pais estão mortos. Derek já tinha avisado para ela tomar cuidado pois algo estava prestes a acontece.
Agora sem seus pais ela se ver só é aceitar a proposta de Derek de viajar com ele para se tornar agente da Europol para ser uma espiã. mas para isso terá que esquecer amigos e parentes isso não importa no momento pois já não tinha mais seus pais e não ia deixar que a morte deles tenha sendo em vão .


"- Sabe como decidi que viajaria com você?
- Eu creio que não.
- Quando olheiras para meus pais mortos, lembrei que foram assassinados para que não fizesse o que acham que vou fazer.

Pensei: Se eu ficar chorando, viu dar àqueles idiotas o que querem. E decidi lutar para que a morte deles não tinha sido à toa.

Ela pôs o olhar sobre Derek. Ele mordeu o lábio e falou:

- Érica, eu quero que saiba que, se aceitar a missão, não adiantará ser motivada apenas pelo impulso de revide. Você terá que está disposta a abandonar a sua vida de agora é recomeçar. E isso inclui esquecer seus pais. "

Gostei muito do livro e o final me surpreendeu bastante pois não esperava que fosse terminar assim.

Instagram da autora
https://www.instagram.com/livroerica/

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha de Do que são feitas as estrelas

Primeiras impressões de Nunca olhe para dentro

Resenha de Anjo Maldito